Protocolo entre o Instituto Politécnico da Guarda com o Centro de Inovação da Altice - Altice Labs

15/04/2019     Instituto Politécnico da Guarda

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »

imagem da notícia

Nas salas de aula e laboratórios do Instituto Politécnico da Guarda, falar em Redes de Telecomunicações é falar também em questões técnicas, como a Internet das Coisas, testes de software ou cibersegurança. Estes são os temas da parceria entre o Politécnico da Guarda e a Altice Labs. O objetivo é juntar o conhecimento que se adquire nas duas instituições, para a formação de quadros e para a criação e promoção de emprego altamente qualificado.

Como disse, o diretor-geral do Centro de Inovação da Altice, Alcino Lavrador, este protocolo vem alargar a rede de ligação com as Universidades e Institutos Politécnicos, sendo uma ferramenta para ampliar a capacidade de investigação e de obtenção de conhecimento para o transformar em produtos e serviços.

Para Pedro Pinto, docente e investigador na área de redes de telecomunicações do Politécnico, este protocolo tem como principais vantagens trabalhar e cooperar com uma das empresas mais inovadoras do mundo, e trabalhar com tecnologias promissoras que serão uma tendência no futuro.

Para Alcino Lavrador, trabalhar com tecnologias inovadoras vai permitir aos alunos verificar para que servem os conhecimentos que obtêm nas aulas, estando estas duas entidades em articulação a adequar alguns dos currículos dos percursos formativos para poderem no futuro trabalhar com a Altice.

Joaquim Brigas, Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, afirma que este é um contributo para atrair mais pessoas para o interior com a garantia que há muita formação de qualidade com esta parceria com a Altice Labs.

Esta notícia está disponível também numa reportagem vídeo da RTP – Portugal Direto e em áudio na Antena 1.

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »