Altice Labs promove desafios de Big Data e Analítica no âmbito do Programa Europeu Data Pitch

29/04/2019     Big Data / Data Pitch

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »

imagem da notícia

Data Pitch é um programa de inovação aberto financiado pela UE, que junta organizações empresariais e do setor público com startups e PMEs. As organizações promotoras fornecem dados e colocam desafios e as startups trabalham esses dados na procura de resposta para os reptos propostos. O programa inclui um programa de aceleração virtual (6 meses) para apoiar as startups e PMEs no processo de desenvolvimento das soluções.

O Data Pitch é coordenado pela aceleradora portuguesaBeta-i, em conjunto com a Universidade de Southampton, o Open Data Institutee a plataforma francesa de dados Dawex.

A Altice Labs é um dos promotores, em parceria com a Beta-i, tendo identificado dois desafios na área do IPTV, suportados em dados anonimizados de visualização de conteúdos na plataforma MEO.                 

O 1º desafio, que será assumido pela startup Utelly, está centrado na personalização do consumo de TV linear. Com o advento das plataformas SVOD (Subscription Video On Demand), os processos de recomendação de conteúdos evoluíram consideravelmente, mas a sua transposição para os cenários de TV linear com Gravações Automáticas (tal como os oferecidos pelo serviço MEO) têm esbarrados nas especificidades deste serviço, limitando a eficácia dos processos de recomendação existentes. Nesse sentido, pretende-se implementação de uma solução de recomendação que, baseada na identificação de padrões de consumo por período temporal (distinguindo assim que elemento da família poderá estar a utilizar a TV), considere as características intrínsecas dos programas (jogos de futebol são diferentes de programas de notícias que, por sua vez, diferem de filmes…), seja proactivo na sugestão de recomendações (e.g. situações de zapping, após fim de programa, … ) e tenha uma visão retrospectiva do consumo de conteúdos (de forma a permitir cenários de retoma de visualização e tornando indistinto os conceitos TV linear e TV on demand).

O 2º desafio, que será assumido pela startup holler.live, está centrado na transferência de contexto da TV para o equipamento  móvel. Pretende-se explorar e potenciar a utilização dos equipamentos móveis no ecossistema de TV, permitindo oferecer um conjunto de serviços complementares que adicionem valor à experiência de consumo de TV. O objetivo será desenvolver uma plataforma onde o cliente possa ser notificado na TV, da existência de uma oportunidade de interação (e.g. apostar num jogo que se está a assistir, oferta de cupões de produtos numa loja geograficamente próxima) que ele pode executar através do seu dispositivo móvel, com maior flexibilidade e usabilidade. Neste caso, o processamento dos dados de visualização, destina-se à criação de perfis de utilização que possibilitem uma melhor adaptação das notificações de oportunidades de interação a cada utilizador, de forma a ser o mais assertivo possível nas notificações enviadas a cada utilizador.

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »