2ª Conferência do Ciclo “Portugal Inteiro” foi até à UTAD, em Vila Real

28/06/2019     Portugal Inteiro / UTAD / Vila Real

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »

imagem da notícia

A segunda conferência do ciclo Portugal Inteiro, organizado pelo Jornal Económico e pela Altice Portugal/Altice Labs, teve como tema “Inovação: O Interior como oportunidade” e realizou-se no dia 25 de junho em Vila Real, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

A Inovação é sempre o foco destes debates organizados pelo Jornal Económico e pela Altice Portugal, nos quais são também introduzidos os mais diversos temas da atualidade. Depois do sucesso em Faro, com “Inovação como Instrumento de mais e melhor turismo”, o ciclo de conferências intitulado Portugal Inteiro foi até Vila Real e contou com a participação de Alexandre Matos, Chief Financial Officer (CFO) da Altice Portugal.

O CFO da Altice Portugal, durante a sua intervenção, reforçou a posição e preocupação da empresa sobre o interior do país, referindo que a principal alavanca para o desenvolvimento é o inconformismo. Desta forma, tal como a Altice Portugal tem vindo a defender, este ciclo de conferências Portugal Inteiro tem vindo a descentralizar as discussões e debates, convidando spin offsstartups, autarcas, gestores, empresários e outras personalidades a participarem e a darem a conhecer as suas opiniões. Portugal Inteiro contará, ainda este ano, com mais três conferências, de norte a sul do país.

A Altice Labs é já uma parceira histórica da UTAD, nomeadamente em vários projetos nas áreas de Estratégia e Inovação Tecnológica. Nesta conferência Paulo Pereira, diretor da direção de Estratégia de Inovação e Tecnologia da Altice Labs juntamente com Emídio Gomes, Vice-Reitor da UTAD para a Área de Investigação e Inovação e João Barroso, Pró-Reitor para a Área da Inovação e Transferência de Tecnologia, aproveitaram para estreitar relações entre a Altice Labs e a UTAD, alargando horizontes e fomentando novos desafios e o agarrar de novas oportunidades entre ambas as partes.

Paralelamente à conferência, esteve em exposição um espaço da Altice Labs com a demonstração do Smart Mirror, protótipo de espelho inteligente que permite a interação gestual, com conteúdos personalizados para a região de Vila Real. Foi também promovido o Prémio Altice Innovation Award 2019, e trabalhado a branding awareness junto da UTAD.

Eu acho que é no inconformismo que nasce o verbo que resolve as insatisfações da sociedade e que o empreendedor tenta colmatar”, salienta o CFO. Resumidamente, “empreender é resolver as insatisfações do ser humano”, é estar e ser preocupado, é apoiar causas e questionar tudo aquilo que é normalizado.A inconformidade é o fator mais importante para que qualquer empreendedor aposte no interior de Portugal e, tal como a Altice, se aproxime da sociedade e crie atividade nestas regiões.

Para que se crie um ambiente de empreendedorismo, Alexandre Matos afirma que “é necessário cooperação entre agentes e entidades, empreendedores e academia, entre o mundo empresarial e as autarquias, o poder local”.

Outro dos grandes temas debatidos foi a ligação entre as empresas e a academia. É, neste quadro, um imperativo que importa isolar – e o facto de a região de Vila Real poder contar com este fator acaba por transferir para aquela geografia uma outra razão de ser que importa dar a conhecer e explorar.

Esta foi uma das notas mais importantes deixadas pela maioria dos participantes, nomeadamente pelo KeyNote Speaker do evento, Silva Peneda, antigo ministro, que é presidente do Conselho Geral da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »