Altice Labs simula uma operação de socorro para demonstrar e testar potencialidades do 5G

13/09/2019     5G / Simulacro

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »

imagem da notícia

Na passada quarta-feira, dia 11 de setembro, a Altice Labs realizou um simulacro em Aveiro, nas suas instalações, para testar o uso do 5G em situações de emergência, recorrendo para tal, a uma rede experimental, instalada em colaboração com a Ericsson.

Para exemplificar algumas das potencialidades desta tecnologia, nomeadamente, a sua menor latência, a maior largura de banda e o facto de possibilitar maiores velocidades de deslocação dos utilizadores, a Altice Labs demonstrou através do simulacro de um acidente de viação, o uso das comunicações 5G por parte das equipas de socorro como suporte da sua intervenção no terreno.

Esta iniciativa teve como objetivo mostrar como o 5G poderá aumentar a eficácia em situações reais, neste caso do socorro, através da utilização de vários equipamentos que fornecem imagens do local do acidente, com recurso a um drone, bem como informação vital dos sinistrados em tempo real. A eficácia no socorro, de acordo com testado no simulacro, aumenta também com o 5G a permitir uma adaptação das autoridades a cada caso concreto.

Envolvendo o Gabinete de Proteção Civil da Câmara Municipal de Aveiro, a Polícia de Segurança Pública, as duas corporações de Bombeiros Voluntários de Aveiro, o Centro Hospital Baixo Vouga e o Centro de Saúde Militar de Coimbra, o objetivo desta demonstração foi mostrar como se poderá no futuro e com o 5G aumentar a eficácia em situações reais, neste caso do socorro. Para levar a cabo a demonstração de 5G a rede experimental, que assegurou as comunicações 5G, teve a colaboração da Ericsson que configurou uma rede 5G E2E. No suporte tecnológico para este simulacro, para além das entidades já referidas Altice Labs e Ericsson, contamos com a OneSource e PDM&FC. Um total de 18 pessoas estiveram envolvidas neste simulacro.

Este simulacro marca também o arranque da primeira fase da rede experimental 5G para a cidade de Aveiro, visto que a cidade está a liderar o projeto Aveiro STEAM City. Este projeto representa o desejo de a cidade aveirense tornar-se na primeira coberta totalmente com 5G até 2020.

Alcino Lavrador, diretor geral da Altice Labs, referia, no briefing que antecedeu esta demonstração, que “a tecnologia não tem qualquer sentido se não for para melhorar a vida das pessoas“, caracterizando o 5G como “a cola” para o projeto Steam City. “Queremos desmistificar o que é isto do 5G e nada melhor do que fazê-lo através destas demonstrações práticas; queremos servir de plataforma para que estas tecnologias possam ser usadas pelas pessoas“, sustentava o diretor.

Luís Alveirinho, o Chief Technology Officer (CTO, administrador para a tecnologia) da Altice Portugal, explicou que “esta demonstração é mais uma materialização das vantagens da rede 5G no futuro, num território que vai beneficiar e continuar a evoluir com esta tecnologia o socorro. O 5G é claramente uma oportunidade para Portugal, tratando-se de uma oportunidade que a Altice não vai deixar passar ao lado. O intenso deployment de fibra ótica e a modernização das estações de base nos últimos anos, em todo o país, nos coloca numa posição mais confortável na evolução para o 5G“.

De acordo com os objetivos traçados pela Comissão Europeia, pelo menos uma cidade em cada Estado-membro terá de ter cobertura 5G até 2020 e criar uma plataforma urbana de inovação tecnológica que suporte o desenvolvimento de competências e de novos negócios.

Estão disponíveis aqui algumas fotos que retratam o simulacro e um teaser do simulacro.

Links externos:

Sites internacionais:

« Voltar a notícias

« Anterior   /   Próxima »